Instituto de Soldagem e Mecatrônica

Ensino, pesquisa e desenvolvimento em Tecnologia de Soldagem:
processos, procedimentos, equipamentos e instrumentação.
e-mail
 
Home Restrito e-mail Home
Projetos arrow Atuais arrowDesenvolvimento de Ligas Específicas e Tecnologias em Soldagem a Plasma com Pó Metálico para Aplicação em Regiões de Turbinas Hidráulicas Sujeitas à Erosão por Cavitação
Sistema Robótico de Quatro Graus de Liberdade para o Revestimento e Fabricação por Soldagem de Tubos de Caldeiras e Tecnologias de Soldagem Associadas | Cabeça-de-Série

INFORMAÇÕES GERAISTopo

Coordenadores:
Jair Carlos Dutra - LABSOLDA/UFSC
Fernando Antonio Camargo Ribas - Tractebel Energia

Data de Início: 01/07/2008
Data de Término: 30/06/2011

Recursos Externos:
Empresa/Orgão: TRACTEBEL ENERGIA S/A
Convênio: 0403-008/2007
Orçamento Total: R$ 716.745,00

Instituição/Gestora: FAPEU - 150/2008


O PROBLEMA Topo

  • Fenômeno da erosão por cavitação em turbinas hidráulicas de grande porte e inviabilidade técnico-econômica de substituição - reparo por soldagem.
  • Posições desfavoráveis de soldagem
  • Apesar de bons resultados com MIG Pulsado Térmico ®, há potencial para melhoria da diluição, acabamento superficial e resultado metalúrgico.
  • Ampliação das possibilidades metalúrgicas pela flexibilidade na formulação de ligas em pó, em comparação com arames.
  • Possibilidade de redução de custos: menores tempo e quantidade de esmerilhamento, maior tempo entre paradas para manutenção.

AS SOLUÇÕESTopo

  • Desenvolvimento de equipamento dedicado ao PTA-P para aplicação em turbinas de usinas hidrelétricas: fontes de soldagem, alimentador de pó, tocha e software de controle.
  • Desenvolvimento de consumíveis em pó resistentes à cavitação para reparo das regiões erodidas de pás de turbinas.
  • Desenvolvimento de procedimentos de soldagem PTA-P adequados às operações de reparo das turbinas.
  • O domínio tecnológico gerado sobre a tecnologia PTAP sustentará o potencial para desenvolvimento de novas ligas anti-cavitação que surgirão com o avanço da ciência e tecnologia dos materiais.

FIGURASTopo

       

A METODOLOGIATopo

  • O domínio tecnológico sobre os equipamentos da bancada de desenvolvimento elimina a dependência de máquinas comerciais e permite a total flexibilidade dos ensaios de soldagem, realizando-se melhorias mecânicas, eletrônicas e computacionais que culminarão no equipamento PTA-P e procedimentos dedicados à aplicação específica.
  • A possibilidade de formulação de composições químicas do pó metálico e de realização de testes abrangentes de resistência colabora para o alcance de uma liga específica, também sem dependência de fornecedores comerciais externos.

Participantes Topo

  • Tractebel Energia
  • Fernando Antonio Camargo Ribas
  • Osni Cella Zollet
  • Vanderlei Fábris
  • LABSOLDA/UFSC
  • Jair Carlos Dutra
  • Augusto José de Almeida Buschinelli
  • Nelso Gauze Bonacorso
  • Carlos Eduardo Iconomos Baixo
  • Carlos Enrique Niño Bohrquez
  • Hélio Ormeu Ribeiro
  • Raul Gohr Junior
  • Régis Henrique Gonçalves e Silva
  • Renon Steinbach Carvalho
  • Luciano Machado Cirino
  • Marcelo Pompermaier Okuyama
  • Ricardo Campagnin

Copyright © 2005 - 2016, LABSOLDA. Todos os direitos reservados.

Home Restrito e-mail Home